Destaque, Vídeos

NOVO VÍDEO NO CANAL – Respondendo a TAG: 20 fatos sobre mim

26/02/2015
TAG: 20 fatos sobre mim

 

Os vídeos com tags no Youtube não são novidades pra quem já acompanha alguns vlogs, né? E como vocês bem sabem, estou começando a me aventurar nesse meio. Pra dar continuidade ao segundo vídeo, achei digno entrar na onda e gravar pro canal usando a TAG 20 fatos sobre mim. Assim, além dos meus textos falando de moda, e as fotos de looks, vocês também aproveitam pra conhecer umas curiosidades ao meu respeito. Vai que numa dessas você se identifica com um fato ou outro?! Então solta o play e acompanhe:

Gostou? Não deixa de clicar aqui para se inscrever no canal e acompanhar os próximos vídeos ;)

Beijos e até mais!

Moda, Notas

Próxima coleção da Heroína – Alexandre Linhares precisa do público para acontecer

24/02/2015

Artista lança projeto em plataforma colaborativa para arrecadar fundos para show, que será viabilizado coletivamente

Alexandre Linhares

Curitiba, 24/02/2014 – Um dos artistas/estilistas mais talentosos, imaginativos e inquietos de sua geração, Alexandre Linhares parte para a 34ª coleção de sua marca Heroína – Alexandre Linhares. O lançamento, marcado para o mês de abril, carrega mais uma vez o DNA do desafio, da atitude política, do laboratório social que marcam os sete anos de existência da grife curitibana.

Com o objetivo de fazer uma apresentação inesquecível para seu público, o designer resolveu apostar no financiamento coletivo para viabilizar financeiramente o desfile/show. Para isso, inscreveu o projeto na plataforma colaborativa Catarse, onde é possível que as pessoas entrem, conheçam a ideia, se inscrevam e colaborem com a quantia que puderam para que, na soma final, o projeto seja realizado.

Pensamos em várias contrapartidas para as pessoas que ajudarem. Desde a compra antecipada de peças da coleção, mudas de árvores, jantares feitos por nós e participação no desfile são recompensas possíveis. É só entrar e escolher”, conta Alexandre que intitula suas criações como “objetos vestíveis.

Na Heroína, a roupa é suporte para expressão, questionamentos e discussões sobre temas prementes e atuais como a ação predadora da indústria, a alienação política, o descaso com a cultura local e com o meio ambiente. “Nossa obra carrega ideias e conta histórias possibilitando diálogos. Acreditamos que as grandes mudanças partem de mudanças internas”, diz o artista, conhecido também por performances urbanas e a utilização do seu próprio corpo no processo criativo.

A nova coleção parte do conceito de que estamos todos conectados e fazemos parte de um mesmo organismo vivo. Por isso, convida os curitibanos a “virarem o olhar” para a sua cidade, mostrando as belezas e desafiando os preconceitos e imposições despropositados. “A próxima coleção retratará ‘a coisa urbana’, que reflete a vida na cidade e uma personagem central que desmorona, ou constrói, todo o conceito de uma geração”, afirma Alexandre. Por enquanto, isso é tudo que o artista adianta, pois tem como ingrediente constante em seus projetos o elemento surpresa.

Todas as despesas correspondentes ao projeto estão descritas na página “Desfile Heroína – Alexandre Linhares” do Catarse. Na “conta”, estão relacionados os gastos desde a locação do espaço, passando por modelos, equipe técnica, material gráfico até o coquetel e divulgação – tudo o que é necessário para a realização de um grande show. A coleção em si já foi concebida e está sendo costurada no ateliê da marca na rua Prudente de Moraes.

As grandes marcas conseguem viabilizar um desfile com sua receita somada a apoios e patrocínios de empresas. Nós temos e queremos continuar com a nossa essência e por isso vamos contar com o nosso público, afirma o artista, que testa com esta ação a relevância da sua discussão.

 

Serviço:

Projeto colaborativo para a realização do Desfile Heroína – Alexandre Linhares
Abril/2015
Informações e adesão ao projeto: www.catarse.me/pt/h-al

Destaque, Moda

[Estilo Curitiba] com Leo Tramontin

23/02/2015
[[Estilo Curitiba] com Leo Tramontin

Hoje estréia uma tag nova aqui no blog, e pelo título vocês já podem ter uma ideia do que ela se trata, vamos falar de estilo. Para isso convidei personalidades curitibanas (ou que morem em Curitiba, já que o convidado de hoje vem de outro estado) que esbanjam esse termo que é unha e carne com a moda pra gente conhecer um pouquinho mais de quem tem uma relação direta ou indiretamente com esse universo.

Pra começar, chamei ele, que além de um excelente profissional, é um amigo muito querido, Leo Tramontin. Leo é assessor criativo e promove eventos de moda. Já foi apresentador de TV, responsável pelo marketing de empresas do ramo da beleza e colunista de revistas. No dia a dia não dispensa estar em casa, na cozinha, entre receitas inusitadas, ou mesmo organizando os ambientes.

Toda vez que o encontro ele está na maior ‘beca’, e o mais legal, sendo fiel ao sua personalidade. Vamos conhecer mais como o Leo lida com a moda? Segue!

Como você escolhe as roupas que vai vestir?

É aquela velha história, vai sempre do dia, do momento, do peso que marca na balança. O que não consigo ser é preso a um único estilo. Pense que inferno você não estar naqueles melhores humores e o seu estilo é somente de roupas coloridas? Não rola. Tem que abrir a mente para isso refletir na facilidade em compor produções do dia a dia.

[Estilo Curitiba] com Leo Tramontin

O que sua roupa diz sobre você?

Uma vez eu falei que sou igual um pão francês, aquele que anda entre os caminhos da mesa do café da tarde da vozinha até o jantar com a rainha. Isso também vale pra roupa. Uma hora um moleque de bermudão e camiseta, outro um senhorzinho cosplay de Gatsby. Sabe o mais louco? Todos esses sou eu! Uma mistura de descomplicação com ritmo acelerado.

[Estilo Curitiba] com Leo Tramontin

Onde costuma comprar suas roupas?

Se pudesse conhecer o cabeça master da Zara, eu abraçaria e falaria o quanto me identifico com o que eles propõem. É de lá que sai 98% das minhas roupas. Da promoção, claro! Não importa onde você compre as suas roupas, o que importa é que elas não esfaqueiem o seu bolso e passem longe do seu verdadeiro estilo.

[Estilo Curitiba] com Leo Tramontin

Deixe uma dica de estilo!

Gosto do estilo “vida na aldeia de pescadores”, com camisetas com listas, calça clara, cabelo bagunçado. Bem no estilo de um verdadeiro pescador. Ok, ok, só não vale ficar com cheiro de peixe nas mãos.

[Estilo Curitiba] com Leo Tramontin

Como podemos ver, Leo lida com a moda de uma forma bem leve e descontraída. Seus looks vão sempre de encontro com o que está sentindo no dia. Você pode continuar acompanhando o estilo dele e sua interação com a moda através do seu Instagram @leotramontin1.

Até o próximo Estilo Curitiba!

Moda

3 maneiras de usar destroyed denim

19/02/2015

No post de hoje você vai aprender 3 maneiras de usar a destroyed denin e ficar segura na hora de sair de casa parecendo que está usando a calça de quando brigou com o cachorro haha.

A gente vem acompanhando vários street styles por aí e uma peça que não sai do look das fashionistas é o destroyed denim. A calça jeans rasgada deixou de ser peça apenas para as mais ousadas e ganha categoria de peça-chave para criar várias ‘produs’ cheias de estilo. Veja como:

Com peças clássicas

Fazer um hi-low entre peças acabadinhas ft. peças arrumadinhas é uma opção. Jogue o blazer ou camisa junto a calça, suba no salto alto finérrimo e arremate com acessórios glamoroso, e tcharam…há bossa e atitude na sua produção!

destroyed denim

Comfy look

Aproveite do ar super despojado que a calça jeans rasgada carrega consigo, e deixei o look ainda mais ‘largadin’. Coloque o tênis velho de guerra (ou qualquer outro calçado confortável de sua preferência), aquela t-shirt podrinha que você adora e terá um look despretensioso e com charme.

destroyed denim

Mix and Match

Ou então você pode fazer a mistura entre essas duas propostas: peças clássicas vs. peças despojadas e ter um look no maior new york style. Como não amar e querer aderir djá?!

destroyed denim

Lembrando que se você não tem uma calça rasgada, não precisa comprar. Aproveite da irá de um tpm, e de algum jeans velho esquecido no armário e mãos à obra. Aqui tem um DIY bem legal para garantir sua destroyed pants.

Moda

O estilo de Dakota Johnson

12/02/2015

Vamos conhecer mais sobre o estilo de Dakota Johnson? A atriz americana nunca esteve tão em voga na mídia como nas últimas semanas. Tudo porque agora ela é protagonista do tão comentado soft porn movie 50 Tons de Cinza, que estréia hoje nos cinemas (sim, eu já estou doida pra ver!).

Pouco se conhece sobre Dakota, mas com seus 25 anos de idade carrega em seu currículo de vida ser enteada de ninguém menos que Antonio Banderas – Dakota é filha de Melanie Griffith – diz que adora  ir à Londres porque não é facilmente reconhecida (mas isso só até hoje, né?!) e o filme mais conhecido que já fez foi Need for Speed. Mas depois do polêmico papel em 50 tons, é bem provável que Dakota tenha um boom e apareça em muito mais filmes que estão por vir. Aliás, já tem dois ainda à estrear este ano. Por isso, nada mais justo do que conhecer um pouco mais do estilo da nova carinha hollywoodiana.

Em recente entrevista para o E!News sobre um matéria de roupas, Dakota declarou que acha o chapéu o acessório mais sexy. E não à toa, podemos ver a atriz desfilando um modelo diferente a cada momento. Não importa a roupa ou a ocasião, ela sempre dá um jeitinho de ornar um chapéu na produção. E não é que a menina fica linda e estilosa?! Já gosto dela por isso. Hehe

O estilo de Dakota Johnson

Além do it-acessório, Dakota parece ser bem despreocupada com suas roupas, está sempre com looks casuais despojados, tipo a gente no dia a dia, como não amar? Mas também tem um jeitinho todo girlie fofíssimo de ser. Fácil de se inspirar!

O estilo de Dakota Johnson

Para ocasiões especiais, ela se inspira nas passarelas e adota criações de grandes maisons. Sempre com muita classe e elegância.

O estilo de Dakota Johnson

 

Agora que conhecemos mais do estilo de Dakota #partiu cinema pra assistir fifty shades!


Get Widget